A Indecisão das Lideranças é uma das Maiores Ameaças à Competitividade das Empresas

Julia Cavalheri Tittoto lança o artigo “A Indecisão das Lideranças é uma das Maiores Ameaças à Competitividade das Empresas” e fala um pouco mais sobre as tomadas de decisões no universo corporativo.

                    https://deskgram.net/explore/tags/decisoescertas

 

Tomar decisões e assumir riscos são responsabilidades indispensáveis a função de líder. Nos atendimentos de Coaching com Líderes e Consultoria em Empresas, tenho observado que as lideranças têm muita dificuldade e demoram para tomar decisões, gerando desgastes e estresse.

Isso se aplica tanto para decisões mais simples, como por exemplo contração/demissão de colaboradores, como para decisões mais estratégicas que impactam na manutenção da competitividade da empresa no mercado, como por exemplo trazer inovações e novas soluções para a empresa, expandir a área de atuação, etc.

Fazem reuniões longas para discutir ideias e projetos, fazem mais de uma reunião para discutirem o mesmo assunto, mas não escolhem uma direção e nem tomam atitudes. Me parece que as lideranças esperam “alguém” dizer “Vai por este caminho que é seguro” ou “vai por ali que é certeza que vai dar certo”. Me desculpem se eu parecer grosseira agora, mas sabe quando esse momento vai chegar? É quase certeza que NUNCA!

É difícil falarmos em CERTEZA e SEGURANÇA nos dias de hoje. Não temos certeza, nem SEGURANÇA de nada no mundo dos negócios. As transformações demográficas e tecnológicas têm mudado a maneira das empresas fazerem negócio, novos modelos de negócio estão surgindo e “matando” os tradicionais. Isso também impacta em nós, como profissionais. A inteligência artificial, robôs, softwares vem chegando com tudo e há previsões de que eles irão destruir a maioria das atividades profissionais tradicionais nos próximos 5-10 anos, segundo alguns estudos.

E você, como líder, está esperando o que para tomar decisões e agir?

Enquanto você fica discutindo e rediscutindo alguns assuntos em reuniões, tem outras lideranças e empresas decidindo e agindo. E, talvez, quando você decidir tomar decisões e agir, seja tarde!

Que tal começar a tomar decisões AGORA? O Framework a seguir pode te ajudar!

1.         Discuta as alternativas em reunião, avalie as oportunidades e os riscos de cada uma delas;

2.         Após analisar as alternativas possíveis, escolha uma direção. Aquela que esteja relacionado com: Onde vocês querem chegar com a empresa? Como vocês querem que a empresa de vocês seja reconhecida no mercado?

3.         Construa um plano de ação em direção ao objetivo definido;

4.         Defina os responsáveis e coloque o Plano em AÇÃO;

5.         Monitore os resultados, os efeitos das ações que estão sendo tomadas. Se está sendo positivo, faça mais disso! Se não, pense em estratégias/medidas de correção da rota. Talvez seja necessário aperfeiçoar, mudar a forma de fazer, buscar outras parcerias, etc.

6.         Monitore os resultados novamente...e assim sucessivamente.

Pelas reações do mercado, de seus clientes, dos colaboradores e demais stakeholders, você, líder, conseguirá saber o que funciona e o que não, o que dá resultado satisfatório e o que não dá. Isso traz aprendizados e te possibilita enxergar novas oportunidades.

Não sair do lugar pode ser mais perigoso do que escolher um caminho e corrigir a rota, se for encontrado algum obstáculo. Pense nisso!

 

Atuação em projetos nas áreas de governança e sucessão familiar, pesquisa e inteligência de mercado, capacitação de produtores rurais e gestão do relacionamento entre indústria-distribuidores-produtores. Coach e Analista Comportamental certificada pelo IBC – Instituto Brasileiro de Coaching. Mestre em Administração de Organizações pela FEA-RP/USP. Engenheira Agrônoma pela FCAV/UNESP – Jaboticabal. Atualmente, é professora do MBA de Agronegócios da FGV.

Outras Publicações