Novos Tempos e Oportunidades – Profissional Agro Digital

Matheus Alberto Cônsoli e Fernando Kolya abordam, neste artigo, temas de oportunidades e desafios para o “Profissional Agro Digital”. Não deixe de acompanhar e se atualizar!

A dinâmica dos negócios, disponibilidade de informações, digitalização da agricultura, novos modelos de negócios, agthechs, startups.... um mundo de novas coisas acontecendo nos negócios e no campo. Nesse sentido, o que esperar dos profissionais atuantes no agronegócio – agrônomos, engenheiros agrícolas, veterinários, zootecnistas e várias outras formações técnicas e comerciais que atuam nesse setor?

Essa é exatamente a pergunta que temos feito e com base na interação com equipes técnicas e comerciais, indústrias, distribuidores e cooperativas, startups e outras empresas no Brasil e no exterior, exploramos aqui alguns dos temas de oportunidades e desafios para o “Profissional Agro Digital”.

Esteja conectado e atento: o produtor mudou, é preciso conhecer sobre negócios!

Os profissionais agro possuem em geral formação de base técnica. Mas ao “cair” nas áreas de negócios e se desenvolver na carreira, passam cada vez mais a discutir e desenvolver atividades de negócios e menos técnicas. O produtor rural quer ao seu redor pessoas que entendem de seu negócio e que possam apoiá-los na tomada de decisão. Assim, conhecimento de mercado, economia, marketing, finanças, estratégia e gestão de pessoas, por exemplo, passa a fazer parte de conhecimentos e habilidades para esses profissionais. Você está preparado?  Como as tecnologias disponíveis podem te apoiar? Não perca e essas oportunidades!!

As questões técnicas continuam relevantes, mas a informação está mais disponível!

Os produtores estão mais preparados e com mais acesso a dados, informações e tecnologias, vivemos na era da abundância de informações Assim, apesar de ser um diferencial de alguns profissionais, os aspectos técnicos sozinhos já não garantem o sucesso profissional. Naturalmente, o conhecimento técnico é a base desse profissional e é (ou foi!) seu grande diferencial. Esses profissionais agro digitais precisam estar continuamente atualizados sobre temas técnicos e de negócios.  Precisam “andar mais rápido que os clientes”. Aqui está um belo desafio!

O trabalho operacional competirá com as novas tecnologias!

Com o avanço das novas tecnologias e digitalização da agricultura, com o uso de plataformas e softwares, redes neurais, algoritmos e sistemas de predição etc., as decisões do produtor que dependiam de conhecimento e recomendações dos profissionais do agro, estão agora mais disponíveis, sistematizadas e possivelmente “de graça”!

Assim, algumas atividades de operação e diagnóstico de campo, por exemplo, poderá ser realizada por equipamentos, sensores e sistemas/softwares. O profissional precisa decidir se vai competir com essas tecnologias ou as incorporar no seu processo de trabalho? Você pode enxergar o copo meio vazio (uma ameaça), ou meio cheio (uma oportunidade)!!

Seu trabalho - De gerador de dados para analista de dados!

Novamente, como consequência da adoção e disponibilização de tecnologias aos produtores, empresas de insumos, distribuidores, cooperativas etc, o papel de gerar informação e buscar informação no campo tende a ser reduzido, mas demandará desses profissionais agro digitais maior capacidade de analisar dados, avaliar informações e tomar decisões para recomendações técnicas e de negócios mais assertivas. O desafio que compete aos profissionais do agro está na transformação da abundância de informações em conhecimento e apoio na tomada de decisão. Conhecimento, capacidades, expertise e tecnologias juntos formarão os profissionais de destaque! Como você está jogando nesse campo?

Mudanças à frente – de atividades discretas e estáticas para processos dinâmicos

O trabalho monótono e repetitivo acabou! Todas essas dinâmicas e mudanças acima listadas fazem dos profissionais agro um elemento imprescindível, mas atuando de maneira bastante diferente do que foi no passado (ou ainda é em alguns casos). Aqui residem as oportunidades e desafios para os profissionais agro digitais. É hora de se atualizar, preparar e incorporar o “digital” no seu mundo, pois o “digital” vai incorporar você! Bom trabalho, foco e muito sucesso a todos!

Matheus Albeto Cônsoli – Especialista em Estratégias de Negócios, Gestão de Cadeias de Suprimentos, Distribuição e Marketing, Vendas e Avaliação de Investimentos. Doutor pela EESC/USP. Mestre em Administração pela FEA/USP. Administrador de Empresas pela FEA-RP/USP. Professor de MBA’s na FUNDACE, FIA, FAAP, PECEGE/ESALQ, entre outros.
Email: consoli@markestrat.com.br
Fernando Cesare Kolya - Atuação na área de estratégia de canais de distribuição, planejamento estratégico e governança familiar. Mestre em Administração (FEA-USP), é Engenheiro Agrônomo pela ESALQ/USP.

Outras Publicações