O que sua revenda pode aprender com Steve Jobs?

Gostem ou não, quase todos habitantes desse planeta com acesso a algum tipo de mídia, TV ou internet, ouviram falar em Steve Jobs nessa última década. Se não diretamente, por meio dos produtos e inovações criados pela Apple, como Ipod, Iphone, Ipad, Mac, Itunes entre outros, e de seu estúdio de animação Pixar, que foi um dos pioneiros na construção de filmes de animação em 3D. Mas o que isso tem a ver com nosso negócio de distribuição de insumos? O que revendas e distribuidores podem aprender com Steve Jobs? O objetivo desse artigo não é vangloriar tal cidadão, mas trazer para a discussão algumas de suas realizações e fazer que pensemos um pouco mais no futuro do nosso negócio, principalmente o mais difícil: pensar ?fora da caixa?. Há alguns anos não precisávamos de internet, música digital, mobilidade online dentre outras coisas. Até que a Apple, comandada por Steve Jobs trouxe essas inovações que ?ninguém? precisava. Dentre essas inovações, mais do que produtos, telas de touch screem, aplicativos e outras coisas, Steve Jobs criou novos modelos de negócio.

Conteúdo restrito - faça seu acesso gratuito abaixo

AGRODISTRIBUIDOR


Ou entre informando seu melhor email

Matheus Alberto Consoli - Especialista em Estratégias de Negócios, Gestão de Cadeias de Suprimentos, Distribuição e Marketing, Vendas e Avaliação de Investimentos. Doutor pela EESC/USP. Mestre em Administração pela FEA/USP. Administrador de Empresas pela FEA-RP/USP.

Rodrigo Alvim Afonso - Especialista em Planejamento de Redes de Empresas (Clusters). Mestrando em administração de Empresas pela FEARP/USP. Pós-Graduado em Gestão Financeira, Controladoria e Auditoria pela FGV-SP. Administrador de Empresas pela Faculdade COC.

Outras Publicações