As Necessidades e o Comportamento de Compra do Produtor Rural

Tanto o agronegócio, como o produtor rural, ponto central na competitividade de todo o sistema, vivem tempos de grande volatilidade. Isto gera incertezas que afetam a tomada de decisão do produtor rural, principalmente na hora de decidir como investir na produção da próxima safra. Assim, não se tem certeza sobre os preços e então é preciso produzir com grande eficiência, começando pela decisão de compra de insumos. Quanto alocar da renda da sua atividade em reinvestimentos, quanto poupar, quanto destinar aos gastos da família? Estas são questões que surgem no primeiro momento. Depois o produtor decide quais são os investimentos centrais que devem ser feitos (muitas vezes em detrimento de outros), que tipos de produtos comprar, quais as marcas, de quais fornecedores (locais ou diretos). Essas decisões estão presentes no cotidiano dos produtores e são cada vez mais influenciadas pelas mudanças nos custos de produção, pelas novas tecnologias e pela difusão da Internet, alterando substancialmente a natureza destas operações. Do lado do fornecedor, observa-se o aumento da competitividade, a formação de alianças estratégicas e maior pressão por eficiência. Isso exige melhor entendimento do processo de relacionamento com o produtor para adequar a oferta ao novo cenário.

Conteúdo restrito - faça seu acesso gratuito abaixo

AGRODISTRIBUIDOR


Ou entre informando seu melhor email

Roberto Fava Scare - Professor da FEA-RP/USP especialista em Marketing, Estrutura e Estratégia Empresarial em Redes de Empresas, Vice-Coordenador do Markestrat e Coordenador do AgroFEA.

Leonardo Silva Antolini - Pesquisador da FEA-RP/USP especialista em Comportamento de Compra de Produtores Rurais. Graduando em Administração pela FEA-RP/USP.

Outras Publicações